04 outubro 2013

"Viagem ao Meu Hino"










Viajo no reflexo espelhado pelo tempo,
Ao som inequívoco do meu Hino,
Lindo ser, anjo meu...
Esperança momento divino!

Caminho pela obra retratada,
Pela mão dotada de arte,
Para a preceito deixar gravada...
Tu que és parte da minha parte!

Espelha o artista na simplicidade,
A alma única que vem de mim,
Contida em cada nobre verdade...
De seres e por seres assim!

Vejo-te no orgulho que me invade,
grito por dentro a certeza,
de que és capaz, digno pela idade...
dotado de uma rara e interior riqueza!

Acompanho-te na estrada do teu existir,
nesse teu incandescente sorriso,
Seco-te as lágrimas do sentir ...
Sempre, quando e onde for preciso!

Amo-te como nem mesmo juntando as letras,
e adicionando a tanta imagem,
Poderia algum dia descrever ...
Tão pura, tamanha e perfeita paisagem!

Viajo contigo de mão dada,
Canto para ti todos os dias,
Doce tom de madrugada ...
Motivo das minhas alegrias!

És o meu Hino, a minha viagem,
Mesmo quando a alma repousa,
Celebro o teu ser, a tua imagem ...
Como quem quer ... quem ama ... quem ousa!

Sendo o futuro incerto,
Fazendo fé na minha sorte,
Ficarei sempre por perto ...
Sem na viagem perder o norte!

E neste hino que te canto,
na viagem que não termina,
Quis oferecer-te este tanto ...
No amor que te ilumina!

Vive, ama e faz história,
Sempre sabendo que eu,
Te terei a toda a hora em memória ...
Pois sou tua e tu és meu!

Sónia Correia
4 De Outubro De 2013

2 comentários:

Comentários